the raising of lazarus, iconography, painting
| | |

Quem foi o autor do Quarto Evangelho?

A tradição identificou João, o Apóstolo, como o autor do Quarto Evangelho (ou um círculo de seus discípulos, conhecido como a Comunidade Joanina). Alguns manuscritos antigos adicionaram o título “O Evangelho Segundo João” no início ou no fim do Quarto Evangelho, e este evangelho é comumente conhecido como o “Evangelho de João”. No entanto, a evidência interna deste evangelho aponta para outro autor que não o Apóstolo João. O Quarto Evangelho é internamente anônimo, e seu autor se refere a si mesmo de forma enigmática como “o discípulo a quem Jesus amava“, e há boas razões para acreditar que esse Discípulo Amado não era o Apóstolo João, mas outra pessoa.

Oscar Cullmann argumenta em seu livro A Formação do Novo Testamento que o verdadeiro autor do Quarto Evangelho foi Lázaro de Betânia, e apresenta o seguinte argumento convincente (ainda que especulativo) de que Lázaro foi o Discípulo Amado que escreveu o Quarto Evangelho.

Aqui estão os fatores que sustentam essa hipótese:

  1. O Quarto Evangelho é o único que menciona Lázaro e o coloca entre os companheiros próximos de Jesus. Também é o único que menciona um discípulo amado que, embora seja um dos amigos íntimos de Jesus, não é necessariamente parte do grupo dos doze apóstolos.
  2. Lázaro é a única pessoa de quem também se diz que Jesus o amava (cf. João 11:3, 5, 35-36).
  3. Quando João 21 nos informa sobre o rumor de que o discípulo amado não morreria, podemos pensar em Lázaro, que Jesus havia ressuscitado dos mortos?

Mas não devemos esquecer que essa identificação é inteiramente hipotética. Devemos nos resignar a não saber com certeza o nome do discípulo amado. No entanto, podemos dizer o seguinte sobre ele:

a. Ele vem de um mundo teológico diferente dos outros Evangelistas, talvez dos helenistas da Palestina ou da Síria.

b. Ele não é necessariamente parte do grupo dos Doze, que, como tal, não têm nenhum papel neste Evangelho, enquanto menciona outros discípulos íntimos de Jesus.

c. Ele não parece pertencer ao mesmo meio social que os outros discípulos (ele era conhecido do Sumo Sacerdote, cf. João 18:15-16).

d. Talvez seja de Jerusalém (historicamente bem-informado sobre as tradições de Jerusalém).

A especulação de Oscar Cullmann de que Lázaro foi o Discípulo Amado que escreveu o Quarto Evangelho é comparável a outras especulações, como se Priscila ou Apolo escreveram a Epístola aos Hebreus, entre outras. Recomendo fortemente a leitura deste livro curto de Cullmann, que oferece muitos outros insights fascinantes sobre o Novo Testamento.

Fontes:

Oscar Cullmann. “A formação do Novo Testamento”. A tradução foi feita por Bertoldo Weber, e a obra foi publicada pela Editora Sinodal em 2015. Esta é a 13ª edição revisada do livro.

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *