Uma Oração ao Bondoso e Misericordioso Deus

Uma Oração ao Bondoso e Misericordioso Deus

Esta oração foi gravada especialmente para o álbum de DG*Banda “Bondade e Misericórdia” lançado em Março de 2020. Ouça no Spotify! ou no YouTube.


Amado Deus, bondoso e misericordioso!

Queremos te agradecer porque podemos nos achegar a Ti. Aceita com paciência nosso pobre cantar e orar, pois certamente realizamos de forma tosca, o que os teus anjos fazem tão bem. Apesar disso, que a tua presença, e a tua bondade e misericórdia estejam entre nós, aqui e em todos os lugares que o teu povo se reune.

Precioso Senhor,

Tu conheces a vida, o pensamento e o coração de cada um de nós, e diante dos teus olhos, não há um justo sequer. Nem por isso nos esqueceste, abandonaste ou condenaste. Ao contrário, você nos ama. Sim, Tu amaste o mundo de tal maneira que enviaste teu Filho unigênito para que todos os que nele creem não pereçam, mas tenham a vida Eterna. Porque você nos amou primeiro; assim, afasta-nos da falta de amor, da indecisão, da frieza! Acreditamos em Ti, mas ajuda a nossa descrença. Novamente, chegamos diante de Ti como pessoas sem nada mais para a te oferecer senao a confissão de que gostaríamos de viver tua livre e grande compaixão.

Deus, senhor e pastor da nossa vida.

Sabemos muito bem como somos, e Tu sabes melhor ainda. Mas aqui estamos para agradecer-te pela liberdade que temos de olhar não para nós mesmos, mas para Ti, que fizeste isso pelo mundo e por nós todos também. Tu que não te esqueces de nós, não nos deixe esquecer de Ti, Tu que não te cansas, não nos deixe adormecer. Defende-nos de nossas próprias vontades e escolhas! Derruba Senhor, todos os muros que nos separam de Ti e uns dos outros.

Senhor Grandioso, Santo e misericórdioso Deus,

Graças a Ti, conhecemos o dia em que revelaste o teu amado Filho, nosso Senhor Jesus Cristo, como o Salvador vivo, que tomou para si todos os nossos pecados e com ele toda a nossa fragilidade humana e a própria morte. Sim Senhor, Permitistes que Teu filho Jesus Cristo fosse prisioneiro, para nos libertar; fosse condenado para nos inocentar; padecesse, para o nosso júbilo; morresse, para vivermos eternamente.

Na incompreensível magnitude de tua misericórdia, tomaste para ti o nosso pecado e a nossa aflição, para assim fazeres grandes coisas por nós. De que outra forma isso pode acontecer senão que o mesmo Salvador que por nós sofreu foi crucificado, morto e sepultado, mas também ressuscitou, agora entra em nosso meio e fala a nossos corações e nossas consciências, abre-nos para o Teu amor, orienta-nos a confiar plenamente nesse amor, a viver somente e tão somente desse amor. Não permitas a nenhum de nós que permaneça indiferente e insensível diante dessa tua dádiva e revelação. Que neste dia possamos perceber pelo menos um pouco da riqueza da tua bondade.

Não somos grandes cristãos; ao contrário, somos todos bem pequenos. Mas a Tua misericórdia é suficiente para nós. Desperta-nos, tão somente, para a pequena alegria e gratidão que somos capazes de expressar – para a fé vacilante que conseguimos demonstrar – para a obediência imperfeita que não podemos negar – e assim para a esperança nas coisas grandes, completas e perfeitas que preparaste para nós por meio da morte de nosso Senhor Jesus Cristo.

Grande Deus nós te louvamos. Olha para o teu povo com misericórdia. Faça com que haja testemunhas alegres e corajosas para o teu evangelho em todas as igrejas. Acompanha e ilumina os missionários e as novas comunidades nas quais eles gostariam de servir.

Pois Tu nos chamaste, e nós escutamos teu chamado. E Agora, aqui estamos: tuas criaturas, com toda a fraqueza, ignorância e teimosia que habita em nós – mesmo assim, se mal te amamos e apesar de certamente te amarmos mal – tua comunidade, que aqui como em todos os outros lugares do mundo é um agrupamento estranho de gente, ainda assim, Tu queres te fazer presente, e sobretudo, ainda queres realizar algo.

Estamos, pois, aqui Senhor, totalmente dependentes de ti, esperando por ti e por teu bondoso Espirito Santo. Ilumina Senhor esta hora: que ela seja de teu agrado e que seja proveitosa e frutífera para nos. Queiras permitir que nosso orar, falar e cantar humanos sejam imbuídos de força e verdade, que sejam de coração e que novamente entrem em nossos corações. Sê agora nosso mentor, nosso mestre, um forte e bondoso Senhor sobre tudo o que possa acontecer no interior de cada um de nós.

Em nome de teu amado Filho, no qual revelaste e continuaras revelando tua graça imerecida, oramos a Ti como Ele nos ensinou: Pai Nosso… Amem!

Por Diego Gonçalves.


Gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos e familiares para que eles também possam aprender mais sobre o assunto. E não se esqueça de se inscrever em nossas redes sociais para receber mais conteúdo como este. Até a próxima!

Inspire-se com outros devocionais e reflexões no meu site.

© O Diário de um Jondô

Deus te abençoe.

— — — — — — — — — —
Texto escrito para o álbum “Bondade e Misericórdia” de DG*Banda em fevereiro de 2020

Avatar de Diego Souza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diego Souza

Sou ministro na Igreja Holiness e amo escrever. Graduando em Letras pela UNIVESP, com Bacharel em Teologia pela UMESP e com pós em Novo Testamento pela EST, neste blog compartilho meus pensamentos sobre a vida cristã e o cotidiano, buscando conectar a fé com o dia a dia.