Sl 34:8 – Provem e Vejam

Sl 34:8 – Provem e Vejam

Escrito em 18 de Junho 2021

Palavra:

“Provem, e vejam como o Senhor é bom. Como é feliz o homem que nele se refugia!” (Salmo 34.8 – NVI)

Jonathan Edwards, certa vez disse:

“Há uma grande diferença entre ter uma opinião, que Deus é santo e gracioso, e ter um senso da amabilidade e beleza daquela santidade e graça. Um homem pode ter o primeiro, ou seja, não saber como é o gosto do mel; mas um homem não pode ter o último a não ser que ele tenha uma idéia do gosto do mel na sua mente.” — Jonathan Edwards

Sabemos que existem pelo menos duas formas de saber que mel é mel. Uma é olhando pra ele porque é dourado, viscoso e porque tem pedaços de favo dentro dele. A outra forma é provando, porque é doce e é muito bom. O mesmo pode ser dito sobre o nosso conhecimento de Deus. Podemos concluir que Deus é Deus porque lemos histórias e ouvimos sermões sobre Ele. Mas fazer isso, até o diabo faz. Por isso, Davi nos convida a provar e ver como o Senhor é bom. E como fazemos isso?

O primeiro passo é abrir o coração a Ele. Depois meditar em Sua Palavra e, em seguida, orar em seu nome. Na medida que você ora, os seus olhos espirituais vão se despertando para ver a beleza e esplendor do Senhor. E quanto mais você vê a beleza e o esplendor do Senhor, mais você O deseja. E isso acontece, genuinamente, por causa da obra do Espírito Santo que diz: Provem e Vejam! Ou seja, ver o Senhor consiste em se refugiar e se abrigar na presença dele. Para que enfim, você possa acalmar o coração, mesmo em meio a tantas ocupações e atividades.

E como fazemos isso? O salmista escreveu: “…feliz o homem que em Deus se refugia”. Os grandes dicionários da língua portuguesa dizem que “refúgio significa um lugar seguro contra o perigo”. Quantos perigos enfrentamos nesse mundo e nas tempestades da vida? Muitos, não é mesmo? As Escrituras testificam que em Deus, temos um lugar seguro! Lemos em outras partes da Bíblia que Ele é proteção para os oprimidos. É um abrigo para os angustiados. É esconderijo para aqueles que procuram por segurança e paz.

Portanto, se você fizer de Deus o seu porto seguro, e então, nos momentos de aflição você poderá dizer: o meu Senhor é meu refúgio e a minha fortaleza. O meu Deus é o Deus em quem confio. Quando o meu coração está fraco, eu clamo o seu nome dizendo: Deus, o Senhor é o meu refúgio. Me tira desse vale de morte e me leva a Rocha que é mais alta do que eu.
Faça do Senhor o seu refúgio. Se abrigue debaixo da sombra de suas asas e assim, prove e veja como o Senhor é bom!

— — — — — — — — — — —
O texto referente à citação de Jonathan Edwards pode ser lido, em inglês, integralmente no link a seguir: https://ccel.org/ccel/edwards/sermons.supernatural_light.html

Escrito por Diego Gonçalves.


Gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos e familiares para que eles também possam aprender mais sobre o assunto. E não se esqueça de se inscrever em nossas redes sociais para receber mais conteúdo como este. Até a próxima!

Inspire-se com outros devocionais e reflexões no meu site.

© O Diário de um Jondô

Avatar de Diego Souza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diego Souza

Sou ministro na Igreja Holiness e amo escrever. Graduando em Letras pela UNIVESP, com Bacharel em Teologia pela UMESP e com pós em Novo Testamento pela EST, neste blog compartilho meus pensamentos sobre a vida cristã e o cotidiano, buscando conectar a fé com o dia a dia.