Encontrando Descanso em Deus | Mateus 11: 25-30

Encontrando Descanso em Deus | Mateus 11: 25-30

Muitas pessoas acordam cansadas e se arrastam pela manhã, não é mesmo? Mas ao falar sobre cansaço, quero ir além do sono ou da fadiga física. Tem um tipo de cansaço que é mais profundo, que atinge a alma. Pois bem, hoje trago uma mensagem diretamente das palavras de Jesus, abordando justamente esse tipo de cansaço..

Nossa vida moderna nos põe à prova. A rotina, os compromissos, as preocupações… tudo isso acumula e pesa no nosso interior. Tentamos anestesiar essa dor com entretenimento, redes sociais e até trabalho, mas o alívio é temporário. No fundo, a alma segue agitada, como se buscasse algo mais.

A sabedoria do santo Agostinho nos lembra que fomos feitos por Deus e para Deus. No Livro “Confissões” ele diz: “Ó Senhor, Tu nos formaste para ti mesmo, e nossas almas estão inquietas até que encontrem seu descanso em ti”. Ou seja, só encontramos verdadeiro descanso quando nossa alma se volta para Ele. E é aí que entra a boa notícia do dia: Jesus oferece esse descanso. Ele nos convida dizendo: “Vinde a mim, todos vós que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei”.

Agora pense comigo: se você está exausto, carregado com o peso das preocupações e dos problemas, essa mensagem é pra você. É um convite aberto para encontrar tranquilidade e paz em Deus, mas só através da ponte que é Jesus Cristo.

Esse descanso não é um passeio no parque ou um cochilo à tarde, é mais profundo que isso. É a sensação de estar completo, de ter a alma alicerçada em algo firme e verdadeiro. Então, se sua alma está faminta por esse descanso, a resposta está em Jesus. Através dele, você pode experimentar uma paz que vai além do entendimento, um descanso que só pode ser encontrado em Deus.

Aproxime-se de Jesus para aprender sobre Deus

Então, qual é o primeiro passo para encontrar esse descanso para sua alma que todos nós ansiamos? Jesus nos convida a ir até Ele para aprender sobre Deus. Em Mateus 11: 25-26, Jesus ora assim:

Naquela ocasião Jesus disse: “Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos pequeninos. Sim, Pai, pois assim foi do teu agrado.

(Mateus 11: 25-26)

A. Deus é o Senhor do Céu e da Terra

Note que antes de qualquer coisa, Jesus reconhece Deus como o “Senhor do céu e da terra”. Isso nos remete à grandiosidade de Deus, ao seu controle soberano sobre todo o universo. Ele vê tudo, sabe tudo e tem poder sobre tudo. E daí vem uma pergunta interessante: esse Deus majestoso se importaria conosco, seres humanos, neste pequeno planeta? A resposta é um sonoro sim! Ele nos vê, nos ouve e ainda mais, nos ensina coisas que jamais entenderíamos por conta própria.

B. Deus Escondeu Essas Coisas dos Sábios e Instruídos

O versículo nos diz algo surpreendente: Deus escondeu essas verdades dos sábios e cultos. Agora, quando Jesus fala de “sábios e instruídos”, Ele não está pegando no pé de quem foi bem na escola ou tem um diploma. Nada disso. Ele está apontando para aqueles que se apoiam em sua própria inteligência e desprezam a sabedoria de Deus. São pessoas que contrariam o conselho de Provérbios 3: 5-6, que nos diz para confiarmos no Senhor e não em nosso próprio entendimento.

Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apoie em seu próprio entendimento; v6 – reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e ele endireitará as suas veredas.

(Provérbios 3: 5-6)

C. Deus Revelou Essas Coisas aos Pequeninos

Quando Jesus fala em “pequeninos”, Ele não está se referindo literalmente a bebês ou crianças pequenas. Ele está falando sobre humildade e simplicidade de coração. Lembrem-se de Mateus 18: 3, onde Ele diz que a menos que nos tornemos como criancinhas, não entraremos no Reino dos Céus. Deus revela suas verdades àqueles que têm a humildade de reconhecer que não sabem tudo e a abertura para confiar em Deus e em Sua palavra.

Conclusão da Parte I

E por que Deus faz isso? Por que revelar a verdade aos humildes e não aos orgulhosos? Jesus termina sua oração dizendo que é do “bom prazer” de Deus fazer assim. Deus escolhe a quem Ele revela Sua verdade, e geralmente são aqueles que estão dispostos a confiar e depender Dele.

Então, como encontrar esse descanso para a alma? O primeiro passo é ir até Jesus e aprender de Deus. Aproxime-se com humildade, admitindo suas limitações e fraquezas, e o Senhor do céu e da terra lhe mostrará as verdades que você precisa para encontrar verdadeiro descanso.

Venha até Jesus para conhecer o Pai

O próximo passo para encontrar descanso para sua alma é conhecer o Pai. E Jesus deixa isso bem claro no versículo 27 de Mateus 11:

Todas as coisas me foram entregues por meu Pai. Ninguém conhece o Filho a não ser o Pai, e ninguém conhece o Pai a não ser o Filho e aqueles a quem o Filho o quiser revelar.

(Mateus 11: 27)

Esse versículo está repleto de significados. Vamos desmembrá-lo:

A. Todas as Coisas Foram Entregues a Jesus pelo Pai

Para começar, Jesus está falando aqui que todas as coisas foram entregues a Ele pelo Pai. Isso é algo sério! O mesmo Deus que governa o universo entregou toda autoridade e poder a Jesus. A revelação que Deus faz de Si mesmo passa pelo Seu Filho. Isso joga por terra qualquer acusação de que os cristãos são limitados por se focar somente em Jesus. Jesus é o centro do plano de Deus; conhecer Deus implica em conhecer Jesus.

B. Ninguém Conhece o Filho Senão o Pai

Depois, Jesus nos faz lembrar que só o Pai conhece verdadeiramente o Filho. Ele é eterno, estava com Deus no início e é Deus. Ele criou tudo que existe, e nada foi criado sem Ele (João 1: 1-3). Mesmo assim, quando Ele caminhou entre os homens, muitos não o reconheceram. Veja o exemplo de João Batista. Só quando Deus o revelou é que ele reconheceu Jesus como o Filho de Deus (João 1: 32-34).

C. Ninguém Conhece o Pai Senão o Filho

Por fim, da mesma forma que só o Pai conhece o Filho, também só o Filho conhece verdadeiramente o Pai. Jesus conheceu o Pai eternamente; Ele é parte da Trindade e conhece Deus de uma forma que ninguém mais conhece. Isso torna Jesus a única porta para realmente conhecer Deus Pai.

Conclusão da Parte II

Portanto, quer realmente conhecer Deus? O único caminho é através de Jesus. Ele é o único que pode revelar Deus Pai a você, e a quem Ele escolhe fazer essa revelação? Aos humildes, aos que nEle creem, às “criancinhas espirituais”. Não aos sábios e instruídos que confiam em sua própria sabedoria, mas àqueles que têm o coração aberto para Deus.

Assim, o segundo passo para encontrar descanso para a sua alma é simples: vá até Jesus para conhecer Deus Pai. Com um coração humilde e aberto, permita que o Filho revele o Pai a você, e assim, você encontrará o descanso que sua alma tanto anseia.

Venha até Jesus e Encontre Descanso para Vossa Alma

Jesus estende um convite triplo. Vamos recapitular: 1) aproximar-se Dele para aprender de Deus; 2) vir a Ele para conhecer o Pai e, 3) por fim, vir a Ele para encontrar descanso para a alma. Vamos refletir sobre estes versículos (28-30):

Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso. Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas. Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”.

(Mateus 11: 28-30)

A. Jesus Oferece Alívio aos Cansados e Sobrecarregados

Primeiro, reparemos no convite de Jesus: Ele oferece alívio a todos os que estão cansados e carregados de fardos. O convite é para todos; ninguém está fora deste alcance. Se você está exausto, sob pressão, este convite é para você.

A palavra “descanso” aqui tem a ver com um repouso profundo, uma tranquilidade da alma. Jesus propõe tirar o peso de sua alma e oferecer alívio. Não é algo que você tenha que conquistar; é um presente gratuito de Jesus para você. Basta aceitar.

B. O Caráter Manso e Humilde de Jesus

Em seguida, observemos o caráter de Jesus. Ele é “gentil e humilde de coração.” Humildade aqui significa “se abaixar”, e é precisamente isso que Deus fez por nós em Jesus Cristo. Se você imagina Deus como severo, intolerante e inacessível, permita que essa imagem seja transformada por esta verdade bíblica. Deus é compassivo e amoroso, como bem demonstrou ao enviar Jesus para nos resgatar.

C. Jesus nos Convida a Ser Seus Discípulos

“Aprendei de mim,” diz Jesus. Ele nos convida a pegar seu jugo, simbolizando uma relação de discipulado. O mundo pode ser um mestre cruel, mas Jesus, sendo gentil e humilde, oferece um repouso verdadeiro para a alma de quem o segue.

D. Um Jugo Suave e um Fardo Leve

Por fim, por que você pode encontrar descanso em Jesus? Porque o jugo que Ele oferece é suave e o fardo é leve. Diferentemente dos fariseus, que sobrecarregavam o povo com leis e rituais, Jesus propõe uma forma mais leve de viver. Ser cristão não é sobre obedecer um conjunto de regras árduas; é seguir a Jesus. E Ele está ali para nos apoiar em cada passo, sempre pronto para nos levantar quando caímos e nos dar forças para seguir adiante.

Conclusão

A Bíblia diz que não há descanso para os ímpios. Também não há repouso para quem está fora de Cristo. O verdadeiro alívio da alma só é possível quando aceitamos o convite de Jesus.

  • Venham a Jesus e aprendam de Deus.
  • Aproximem-se de Jesus e conheçam o Pai.
  • E, acima de tudo, venham a Jesus e encontrem repouso para suas almas.

Essa é a essência do evangelho: um convite aberto, amoroso e compassivo para todos que desejam encontrar descanso em Cristo.

Apesar da porta ser estreita, ela continua aberta. Você vai entrar? Sim ou não?


Recursos

Ao término desta pregação, propus uma reflexão individual (5 a 10 minutos) e, em seguida, pedi a cada membro para refletir sobre as áreas de suas vidas onde se sentem cansados e sobrecarregados, seja emocionalmente, espiritualmente, ou de outras formas. Eles deverão escrever essas áreas em um papel, juntamente com o seu pequeno grupo, e para compartilhar, deverão sortear os papéis.

Durante o compartilhamento vamos encoraja-los a ouvir atentamente um ao outro e também oferecer palavras de encorajamento reforçando a pregação.

Apresentação final dos grupos (15 minutos): Vou trazer o grupo de volta para iniciar uma discussão sobre esses dois viéses:

a. Viés 1: Como as palavras de Jesus, “Vinde a mim, todos vós que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei,” se relacionam com as áreas de cansaço que compartilharam?

b. Viés 2: O que significa para você tomar o jugo de Jesus e aprender Dele? Como isso pode trazer descanso para as áreas sobrecarregadas de suas vidas?


Extra-curricular:

Avatar de Diego Souza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diego Souza

Sou ministro na Igreja Holiness e amo escrever. Graduando em Letras pela UNIVESP, com Bacharel em Teologia pela UMESP e com pós em Novo Testamento pela EST, neste blog compartilho meus pensamentos sobre a vida cristã e o cotidiano, buscando conectar a fé com o dia a dia.