Como viver a vontade de Deus em meio às dificuldades? – (João 16:33)

Como viver a vontade de Deus em meio às dificuldades? – (João 16:33)

  • Para ler outros devocionais, clique aqui.

“Nem sempre é simples manter o sorriso e a simpatia,
Quando somos confrontados com situações difíceis ou desafiadoras.
Nem sempre é simples priorizar os outros,
Especialmente quando estamos cansados e desgastados.
Não sempre é simples cumprir a vontade do Pai.
Subir a colina do Calvário não foi tarefa fácil.
Mas nós, como Seus filhos, devemos aprender a obedecer;
Não seguindo nossos próprios caminhos, mas o Seu.
Não é sempre simples travar a boa luta.
Mas é sempre bom e é sempre correto!”
(Poema de Glenda Fulton Davis)

Você já se sentiu desanimado, frustrado ou desesperado diante dos problemas da vida? Você já se perguntou se vale a pena seguir a Deus quando tudo parece dar errado? Você já teve vontade de desistir da sua fé e buscar os seus próprios interesses?

Se você respondeu sim a alguma dessas perguntas, saiba que você não está sozinho. Muitos cristãos passam por momentos de crise, dúvida e desafio em sua caminhada com Deus. Mas isso não significa que eles devam abandonar o seu chamado ou se conformar com o mundo. Pelo contrário, essas são oportunidades de crescer na graça e no conhecimento de Deus, e de demonstrar o seu amor e a sua fidelidade a Ele.

A Bíblia nos ensina que nem sempre é fácil fazer a vontade de Deus. Jesus mesmo disse: “No mundo, vocês terão aflições; mas tenham ânimo, eu venci o mundo” (João 16:33). Ele também nos advertiu: “Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me” (Mateus 16:24). Seguir a Jesus implica em renunciar aos nossos desejos egoístas, aos nossos planos humanos e às nossas expectativas mundanas. Significa abraçar o propósito de Deus para as nossas vidas, mesmo que isso envolva sofrimento, perseguição e sacrifício.

Mas por que Deus permite que passemos por situações difíceis? Será que Ele não se importa conosco? Será que Ele não é poderoso para nos livrar de todo mal? Será que Ele não é bom para nos abençoar com todo bem?

A resposta a essas perguntas é sim. Deus se importa conosco, Ele é poderoso e Ele é bom. Mas Ele também é sábio e soberano. Ele sabe o que é melhor para nós, e Ele tem o controle de todas as coisas. Ele permite que enfrentemos provações para nos purificar, nos fortalecer, nos ensinar, nos moldar e nos preparar para a sua glória. Ele usa as circunstâncias adversas para nos mostrar a nossa dependência dele, para nos aproximar dele, para nos revelar o seu caráter, para nos conceder a sua graça e para nos fazer testemunhas do seu poder.

O apóstolo Paulo é um exemplo de alguém que viveu a vontade de Deus em meio às dificuldades. Ele sofreu muitas coisas por amor a Cristo: prisões, açoites, apedrejamentos, naufrágios, fome, sede, frio, perigos, angústias, etc. (2 Coríntios 11:23-28). Mas ele não se deixou abater, nem se revoltou contra Deus. Pelo contrário, ele se alegrou nas tribulações, pois sabia que elas produziam paciência, experiência e esperança (Romanos 5:3-5). Ele também reconheceu que o seu sofrimento tinha um propósito maior: “Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é lucro” (Filipenses 1:21).

Paulo entendeu que a sua vida não era dele, mas de Deus. Ele se entregou totalmente ao Senhor, e se dispôs a fazer a sua vontade, custasse o que custasse. Ele sabia que Deus estava com ele, e que nada poderia separá-lo do seu amor (Romanos 8:31-39). Ele também sabia que Deus tinha um plano para ele, e que ele receberia uma recompensa eterna por sua fidelidade (2 Timóteo 4:7-8).

Isso me faz lembrar de uma citação que li algum tempo atrás: Diz assim:

Como podemos seguir o exemplo de Paulo e viver a vontade de Deus em meio às dificuldades? Aqui estão algumas dicas:

  • Confie em Deus. Creia que Ele é fiel, e que Ele cumprirá as suas promessas em sua vida. Não duvide do seu amor, do seu poder e da sua bondade. Não se deixe levar pelas circunstâncias, mas olhe para a sua Palavra. Lembre-se de que Ele é o mesmo ontem, hoje e sempre (Hebreus 13:8).
  • Ore a Deus. Fale com Ele sobre as suas lutas, as suas dúvidas, as suas dores, as suas necessidades, as suas expectativas, as suas decisões, etc. Peça-lhe sabedoria, força, paz, consolo, direção, etc. Agradeça-lhe por tudo o que Ele já fez, está fazendo e fará em sua vida. Louve-o por quem Ele é, e por tudo o que Ele representa para você. “Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus” (Filipenses 4:6).
  • Obedeça a Deus. Faça o que Ele mandou, e evite o que Ele proibiu. Não se conforme com o padrão deste mundo, mas renove a sua mente pela Palavra de Deus. Não siga os seus impulsos, as suas emoções, as suas opiniões, ou as dos outros. Siga a voz do Espírito Santo, que habita em você. “Se vocês me amam, obedecerão aos meus mandamentos” (João 14:15).
  • Sirva a Deus. Use os seus dons, talentos, recursos, tempo, energia, etc. para glorificar a Deus e abençoar as pessoas. Não seja egoísta, orgulhoso, preguiçoso, avarento, etc. Seja generoso, humilde, diligente, bondoso, etc. Não busque os seus próprios interesses, mas os de Deus e do seu Reino. “Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus” (1 Coríntios 10:31).
  • Espere em Deus. Não se desespere, nem se impaciente, nem se desanime. Saiba que Deus tem um tempo para todas as coisas, e que Ele faz tudo cooperar para o bem daqueles que o amam (Romanos 8:28). Tenha esperança no futuro que Ele preparou para você, e que ninguém pode tirar de você. “Mas os que esperam no Senhor renovarão as suas forças; subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; andarão, e não se fatigarão” (Isaías 40:31).

Amado irmão ou irmã, nem sempre é fácil fazer a vontade de Deus. Mas é sempre bom e é sempre certo. Deus tem um plano perfeito para a sua vida, e Ele quer que você o cumpra com alegria e gratidão. Ele está ao seu lado, e Ele nunca o abandonará. Ele é o seu Pai, e Ele o ama com um amor eterno. Ele é o seu Salvador, e Ele o resgatou com um preço infinito. Ele é o seu Senhor, e Ele o governa com justiça e misericórdia. Ele é o seu Amigo, e Ele o conhece melhor do que ninguém.

Não desista de fazer a vontade de Deus. Não se deixe vencer pelo mal, mas vença o mal com o bem. Não se conforme com o presente, mas aspire pelo eterno. Faça a vontade de Deus, e você verá a sua glória. Faça a vontade de Deus, e você experimentará a sua alegria. Faça a vontade de Deus, e você receberá a sua recompensa. Faça a vontade de Deus, e você será um canal de bênção. Faça a vontade de Deus, e você fará a diferença. Faça a vontade de Deus, e você será feliz.

Que Deus te abençoe e te guarde. Que Ele faça resplandecer o seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti. Que Ele sobre ti levante o seu rosto, e te dê a paz. Amém.


Eu sou o Diego Gonçalves, teólogo e evangelista, e este é o meu blog www.diegon.org – “O Diário de um Jondô”. Aqui, reflexões teológicas diárias te esperam!

Todos os direitos reservados
© O Diário de um Jondô

S.B.CAMPO – SP

Avatar de Diego Souza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diego Souza

Sou ministro na Igreja Holiness e amo escrever. Graduando em Letras pela UNIVESP, com Bacharel em Teologia pela UMESP e com pós em Novo Testamento pela EST, neste blog compartilho meus pensamentos sobre a vida cristã e o cotidiano, buscando conectar a fé com o dia a dia.