Grande Esboço de Gênesis – O Livro das Origens

Grande Esboço de Gênesis – O Livro das Origens

INTRODUÇÃO:

Neste esboço, exploramos eventos cruciais das vidas dos patriarcas bíblicos: Abraão, Isaque, Jacó e seus filhos, conforme apresentado no livro de Gênesis. Cada seção descreve momentos-chave e o objetivo por trás deles, proporcionando uma compreensão clara da importância desses episódios na história da linhagem de Abraão. Ao longo da leitura, observamos como decisões e ações destes indivíduos moldaram o destino da futura nação de Israel.

I. O Início [ Escala Global ] (Gênesis 1:1 – 11:26) – Criação, Queda, Dilúvio, Torre de Babel

A. A Criação (Gênesis 1:1-2:25):

  • O Início da Terra (1:1-2:3) – Toda criação julgada excelente por Deus
  • O Início do Homem e da Mulher (2:4-25)
    • Transição (2:4)
    • Criação do Homem (2:5-7)
    • Jardim do Éden (2:8-15)
    • Provisão Alimentar e Proibição (2:16-17)
    • Criação da Mulher (2:18-23)
    • A Instituição do Casamento (2:24-25)
  • Objetivo: Nova Criação – Céus, Terra e Indivíduos Redimidos

B. A Queda (Gênesis 3:1-6:8):

  • A Queda e suas Consequências (3:1-24)
  • Procriação (4:1-2)
  • Primeiras Ofertas ao Senhor (4:3-7)
  • Primeiras Disputas (4:8-16)
  • Descendentes de Adão: Caim e Sete (4:17-5:32)
  • Crescimento Populacional e Maldade (6:1-8)
  • Objetivo: Redenção através da Semente da Mulher

C. Dilúvio (Gênesis 6:9-11:32):

  • Aliança com Noé e a Arca (6:9-22)
  • O Dilúvio de Noé (7:1-24)
  • Pós-Dilúvio (8:1-19)
  • Renovação da Aliança (8:20-9:17)
  • Descendentes de Noé (9:18-10:32)
  • Objetivo: Salvação de Seu Povo e Destruição do Mundo

D. Torre de Babel (Gênesis 11:1-32):

  • Origem das Línguas (11:1-9)
  • Descendentes: Sem a Terá (11:10-26)
  • Objetivo: Unidade do Povo de Deus

II. O Início [ Escala Nacional ] (Gênesis 11:27 – 50:26) – Abrão/Abraão, Isaque, Jacó/Israel, José

A. Abrão/Abraão – Jornada de Fé (Gênesis 11:27-25:11):

💡
Leia a biografia deste incrível personagem bíblico clicando aqui.
  • O Chamado de Abraão.
    • Descrição: Deus chama Abraão para sair de sua terra natal, Ur dos Caldeus, e ir para uma terra que Ele mostraria.
    • Referência: Gênesis 12:1-3.
    • Objetivo específico: Iniciar o pacto de Deus com Abraão e sinalizar a escolha de um povo especial.
  • Abraão e Faraó no Egito.
    • Descrição: Devido a uma fome em Canaã, Abraão desce ao Egito. Ele pede a Sarai que se apresente como sua irmã para protegê-lo. Faraó a toma em sua casa, mas é atingido por pragas. Ao descobrir a verdade, Faraó devolve Sarai a Abraão e o expulsa do Egito.
    • Referência: Gênesis 12:10-20.
    • Objetivo específico: Demonstrar a proteção divina sobre Abraão e Sarai e as consequências de desviar-se da verdade.
  • Separação de Abraão e Ló.
    • Descrição: Devido a disputas entre os pastores de Abraão e de Ló, eles decidem se separar. Ló escolhe a planície do Jordão, enquanto Abraão permanece em Canaã.
    • Referência: Gênesis 13.
    • Objetivo específico: Mostrar a generosidade e fé de Abraão e as decisões baseadas em aparências que podem levar a consequências indesejadas.
  • Abraão resgata Ló.
    • Descrição: Ló é capturado durante uma guerra entre reis. Abraão mobiliza seus homens, persegue os sequestradores e resgata Ló.
    • Referência: Gênesis 14.
    • Objetivo específico: Exemplificar a lealdade e coragem de Abraão e a bênção divina em suas batalhas.
  • Encontro com Melquisedeque.
    • Descrição: Após resgatar Ló, Abraão é abençoado por Melquisedeque, rei de Salém e sacerdote do Deus Altíssimo.
    • Referência: Gênesis 14:17-20.
    • Objetivo específico: Revelar a adoração do verdadeiro Deus fora do círculo familiar de Abraão e prefigurar o sacerdócio de Cristo.
  • Aliança de Deus com Abraão.
    • Descrição: Deus faz uma aliança com Abraão, prometendo-lhe descendência numerosa e a terra de Canaã como herança.
    • Referência: Gênesis 15.
    • Objetivo específico: Estabelecer uma relação duradoura e promessas específicas para Abraão e sua descendência.
  • Nascimento de Ismael.
    • Descrição: Devido à impaciência de Sarai (mais tarde chamada Sara) por não ter filhos, ela oferece sua serva Agar a Abraão. Agar concebe e dá à luz a Ismael.
    • Referência: Gênesis 16.
    • Objetivo específico: Demonstração dos desafios da fé e das complicações das decisões humanas.
  • Circuncisão como sinal da aliança.
    • Descrição: Deus estabelece a circuncisão como sinal da aliança entre Ele e Abraão e seus descendentes.
    • Referência: Gênesis 17.
    • Objetivo específico: Instituir um rito que simbolizasse a relação especial entre Deus e o povo de Abraão.
  • Promessa do nascimento de Isaque.
    • Descrição: Deus aparece a Abraão e reafirma a promessa de que ele terá um filho com Sara, mesmo em sua velhice.
    • Referência: Gênesis 18.
    • Objetivo específico: Reafirmar o poder e a fidelidade de Deus e a importância da fé.
  • Destruição de Sodoma e Gomorra.
    • Descrição: Abraão intercede pelas cidades de Sodoma e Gomorra, mas devido à extrema iniquidade, as cidades são destruídas.
    • Referência: Gênesis 18:16-33; 19.
    • Objetivo específico: Revelar a justiça e misericórdia de Deus e o papel intercessor de Abraão.
  • Conflito com Abimeleque.
    • Descrição: Similar ao incidente no Egito, Abraão afirma que Sara é sua irmã, levando Abimeleque a tomá-la. Deus intervém em sonhos, e Abimeleque devolve Sara a Abraão.
    • Referência: Gênesis 20.
    • Objetivo específico: Reiterar a proteção divina sobre o casal patriarcal e as complicações de não ser completamente honesto.
  • Nascimento de Isaque.
    • Descrição: Sara dá à luz a Isaque, cumprindo a promessa divina.
    • Referência: Gênesis 21:1-7.
    • Objetivo específico: Manifestação da promessa de Deus e fortalecimento da fé.
  • Expulsão de Agar e Ismael.
    • Descrição: Após o nascimento de Isaque, tensões surgem entre Sara e Agar. A pedido de Sara e com relutância, Abraão manda Agar e Ismael embora.
    • Referência: Gênesis 21:8-21.
    • Objetivo específico: Destacar a importância da promessa divina através de Isaque e mostrar a providência de Deus para com Agar e Ismael.
  • Sacrifício de Isaque.
    • Descrição: Deus pede a Abraão para sacrificar seu filho Isaque. No último momento, Deus impede o ato, fornecendo um cordeiro como substituto.
    • Referência: Gênesis 22.
    • Objetivo específico: Testar a fé e obediência de Abraão e prefigurar o sacrifício redentor.
  • A morte e sepultamento de Sara.
    • Descrição: Sara morre em Quiriate-Arba (mais tarde chamada Hebrom) aos 127 anos. Abraão negocia a compra da caverna de Macpela dos hititas para sepultar Sara.
    • Referência: Gênesis 23.
    • Objetivo específico: Demonstração do luto de Abraão e sua determinação em garantir um local de sepultamento na terra prometida, reforçando a sua crença nas promessas divinas.
  • A busca por uma esposa para Isaque.
    • Descrição: Abraão envia seu servo mais antigo à sua terra natal para encontrar uma esposa para Isaque. O servo encontra Rebeca, que é trazida de volta para se tornar a esposa de Isaque.
    • Referência: Gênesis 24.
    • Objetivo específico: Garantir que a linhagem prometida continue através de Isaque e destacar a direção e bênção de Deus nas decisões familiares.
  • Abraão casa-se novamente e tem mais filhos.
    • Descrição: Após a morte de Sara, Abraão casa-se com Quetura e tem vários filhos com ela.
    • Referência: Gênesis 25:1-4.
    • Objetivo específico: Mostrar que, mesmo na velhice, a vida de Abraão continuou a ser produtiva e abençoada por Deus.
  • A morte e sepultamento de Abraão.
    • Descrição: Abraão morre aos 175 anos e é sepultado na caverna de Macpela por seus filhos Isaque e Ismael.
    • Referência: Gênesis 25:7-10.
    • Objetivo específico: Marcar o fim da jornada terrena do patriarca e reforçar a importância de sua fé e legado para as gerações futuras.
💡
Esses eventos concluem a narrativa bíblica sobre a vida de Abraão. Através de sua vida, vemos um retrato da fé humana com suas falhas e triunfos, e uma testemunha constante da graça e providência divinas.

B. Isaque – Bênção do Pacto (Gênesis 21:1-35:29):

  • O nascimento de Isaque.
    • Descrição: Isaque nasce como o filho da promessa para Abraão e Sara em sua velhice.
    • Referência: Gênesis 21:1-7.
    • Objetivo específico: Demonstração do cumprimento da promessa divina e reforço da fé de Abraão e Sara.
  • O sacrifício de Isaque.
    • Descrição: Deus pede a Abraão para sacrificar Isaque como um teste de sua fé.
    • Referência: Gênesis 22:1-19.
    • Objetivo específico: Demonstração da fé profunda e obediência de Abraão e também da providência e misericórdia de Deus.
  • O casamento com Rebeca.
    • Descrição: O servo de Abraão é enviado para encontrar uma esposa para Isaque, resultando no casamento de Isaque e Rebeca.
    • Referência: Gênesis 24.
    • Objetivo específico: Mostrar a continuação da linhagem prometida e a direção de Deus nas decisões familiares.
  • O nascimento de Esaú e Jacó.
    • Descrição: Rebeca, depois de enfrentar a infertilidade, dá à luz gêmeos: Esaú e Jacó.
    • Referência: Gênesis 25:19-26.
    • Objetivo específico: Introduzir a próxima geração na narrativa e prefigurar as tensões entre os irmãos.
  • Isaque e Abimeleque.
    • Descrição: Assim como Abraão fez, Isaque mente sobre Rebeca ser sua irmã por medo de ser morto. Eventualmente, faz um pacto com Abimeleque.
    • Referência: Gênesis 26.
    • Objetivo específico: Ilustrar as falhas e medos humanos e mostrar a proteção divina sobre Isaque e sua família.
  • A bênção enganada.
    • Descrição: Jacó, com a ajuda de Rebeca, engana Isaque para receber a bênção destinada ao primogênito Esaú.
    • Referência: Gênesis 27.
    • Objetivo específico: Destacar a fraqueza humana, a decepção intrafamiliar e as consequências de ações impulsivas.
  • Instruções a Jacó e a partida de Esaú.
    • Descrição: Isaque instrui Jacó a encontrar uma esposa entre os parentes de Rebeca, e Esaú se casa com mulheres hititas.
    • Referência: Gênesis 28:1-9.
    • Objetivo específico: Continuar a narrativa das escolhas e destinos de Esaú e Jacó e o impacto de suas decisões.
  • A morte de Isaque.
    • Descrição: Isaque morre e é sepultado por seus filhos Esaú e Jacó.
    • Referência: Gênesis 35:27-29.
    • Objetivo específico: Marcar o fim da vida de Isaque e a passagem do legado patriarcal para Jacó.
💡
Esses são os momentos principais da vida de Isaque conforme retratados no livro de Gênesis. Isaque desempenha um papel vital como elo entre Abraão e Jacó, carregando adiante a promessa divina para as gerações futuras.

C. Jacó/Israel – Luta com Deus (Gênesis 25:19-50:14):

  • Título: Nascimento de Jacó e Esaú.
  • Descrição: Jacó e Esaú nasceram como gêmeos, com Jacó segurando o calcanhar de Esaú.
  • Referência: Gênesis 25:21-26.
  • Objetivo específico: Introduzir os protagonistas e prefigurar o conflito e competição entre eles.
  • Título: Jacó compra a primogenitura.
  • Descrição: Esaú vende sua primogenitura a Jacó por um prato de lentilhas.
  • Referência: Gênesis 25:29-34.
  • Objetivo específico: Revelar o valor diferenciado que os irmãos colocam em seu legado e destacar as ações impulsivas de Esaú.
  • Título: A bênção enganada.
  • Descrição: Com a ajuda de Rebeca, Jacó engana seu pai Isaque e recebe a bênção destinada a Esaú.
  • Referência: Gênesis 27.
  • Objetivo específico: Ilustrar a natureza astuta de Jacó e o início do cumprimento do propósito de Deus para ele.
  • Título: Fuga para a casa de Labão.
  • Descrição: Para escapar da ira de Esaú, Jacó foge para Harã, para a família de sua mãe.
  • Referência: Gênesis 28:1-5.
  • Objetivo específico: Introduzir a próxima fase da vida de Jacó e mostrar as consequências de suas ações.
  • Título: O sonho da escada.
  • Descrição: No caminho para Harã, Jacó tem um sonho de uma escada que alcança o céu com anjos subindo e descendo.
  • Referência: Gênesis 28:10-22.
  • Objetivo específico: Reafirmar a promessa de Deus a Jacó e fortalecer sua fé.
  • Título: Jacó se casa com Léia e Raquel.
  • Descrição: Jacó trabalha para Labão e se casa com suas filhas Léia e Raquel, além de suas servas, Bilha e Zilpa.
  • Referência: Gênesis 29.
  • Objetivo específico: Introduzir o tema do amor e decepção e estabelecer a fundação das 12 tribos de Israel.
  • Título: O nascimento dos filhos de Jacó.
  • Descrição: Os filhos de Jacó são nascidos de Léia, Raquel, Bilha e Zilpa.
  • Referência: Gênesis 29:31-30:24.
  • Objetivo específico: Estabelecer as origens das tribos de Israel.
  • Título: O retorno à Canaã e o confronto com Esaú.
  • Descrição: Jacó decide retornar para sua terra natal e enfrenta Esaú após muitos anos.
  • Referência: Gênesis 32-33.
  • Objetivo específico: Mostrar a reconciliação entre os irmãos e a mão protetora de Deus.
  • Título: A luta com o anjo.
  • Descrição: Jacó luta com um anjo e tem seu nome mudado para Israel.
  • Referência: Gênesis 32:22-32.
  • Objetivo específico: Representar a transformação espiritual de Jacó e solidificar seu papel no plano divino.
  • Título: A tragédia em Siquém e a resposta dos filhos de Jacó.
  • Descrição: A filha de Jacó, Diná, é violada por Siquém, levando a uma resposta violenta de seus irmãos.
  • Referência: Gênesis 34.
  • Objetivo específico: Expor a complexidade moral e a tensão entre as tribos e as nações circundantes.
  • Título: A morte de Raquel.
  • Descrição: Raquel morre ao dar à luz a Benjamim.
  • Referência: Gênesis 35:16-20.
  • Objetivo específico: Marcar um momento trágico na vida de Jacó e introduzir o último dos 12 filhos.
  • Título: A benção aos filhos e a morte de Jacó.
  • Descrição: Em seu leito de morte, Jacó abençoa seus filhos e faz previsões sobre seus destinos.
  • Referência: Gênesis 49.
  • Objetivo específico: Passar o legado patriarcal e estabelecer o futuro das 12 tribos de Israel.
💡
Estes são os momentos principais da vida de Jacó, também conhecido como Israel. Sua vida é fundamental para entender a formação e destino das 12 tribos e a relação contínua entre Deus e o povo de Israel.

D. José – Filhos de Israel rumo ao Egito (Gênesis 34:1-50:26):

  • Venda de José.
    • Descrição: Por inveja de José e seu relacionamento especial com Jacó, os irmãos decidem vendê-lo como escravo e o dizem a Jacó que ele foi morto por um animal selvagem.
    • Referência: Gênesis 37.
    • Objetivo específico: Introduzir o tema central da narrativa de José e a dinâmica de relações fraturadas na família.
  • Judá e Tamar.
    • Descrição: Judá, um dos irmãos, tem sua própria subtrama, na qual Tamar, sua nora, se disfarça e concebe filhos dele.
    • Referência: Gênesis 38.
    • Objetivo específico: Abordar questões de justiça, honra e legado, e também destacar a linhagem da qual viria o rei Davi.
  • José no Egito.
    • Descrição: José é levado para o Egito e, eventualmente, após enfrentar vários desafios, ascende à posição de governador.
    • Referência: Gênesis 39-41.
    • Objetivo específico: Mostrar a providência de Deus e a integridade de José, mesmo em adversidade.
  • A fome e a primeira visita dos irmãos ao Egito.
    • Descrição: Os irmãos de José viajam ao Egito para comprar comida devido à fome e não reconhecem José.
    • Referência: Gênesis 42-44.
    • Objetivo específico: Expor a dinâmica alterada entre os irmãos e testar suas personalidades e remorsos.
  • A revelação de José.
    • Descrição: José revela sua identidade aos irmãos e se reconcilia com eles.
    • Referência: Gênesis 45.
    • Objetivo específico: Realçar o poder do perdão, reconciliação e a mão invisível de Deus guiando os eventos.
  • Jacó e sua família se mudam para o Egito.
    • Descrição: A pedido de José, toda a família de Jacó se muda para o Egito.
    • Referência: Gênesis 46-47.
    • Objetivo específico: Mostrar a reunificação da família e o cumprimento do plano divino.
  • As bênçãos de Jacó.
    • Descrição: Antes de sua morte, Jacó abençoa todos os seus filhos e prediz o futuro de suas tribos.
    • Referência: Gênesis 49.
    • Objetivo específico: Estabelecer o destino e características das futuras tribos de Israel.
  • A morte de José.
    • Descrição: Após a morte de Jacó, José reafirma seu perdão aos irmãos e morre no Egito.
    • Referência: Gênesis 50:15-26.
    • Objetivo específico: Concluir a narrativa de José e estabelecer a cena para a subsequente escravidão dos israelitas no Egito.
💡
Enquanto a narrativa de José é o foco principal, as ações e decisões de seus irmãos desempenham um papel crucial na forma como a história se desenrola, e as bênçãos de Jacó sobre eles moldam o futuro das Tribos de Israel.

D. Outros Filhos de Jacó – Relações familiares fraturadas (Gênesis 34 à 50)

  • Simeão e Levi vingam Diná.
    • Descrição: Após o príncipe Siquém desonrar Diná, a irmã deles, Simeão e Levi enganam os homens da cidade e depois os matam, colocando toda a família em perigo.
    • Referência: Gênesis 34.
    • Objetivo específico: Mostrar a impetuosidade de alguns dos filhos de Jacó e as consequências de tomar justiça com as próprias mãos.
  • Rúben deita-se com Bila.
    • Descrição: Rúben, o filho mais velho de Jacó, tem um caso com Bila, a concubina de seu pai.
    • Referência: Gênesis 35:22.
    • Objetivo específico: Revelar a dinâmica complicada e tensa dentro da família de Jacó e indicar que Rúben, por esta ação, perdeu o direito de primogenitura.
  • A promessa de Judá para Tamar.
    • Descrição: Judá promete a Tamar, sua nora viúva, que ela casaria com seu filho mais novo quando ele crescesse. No entanto, ele não cumpre sua palavra.
    • Referência: Gênesis 38:11.
    • Objetivo específico: Mostrar o caráter vacilante de Judá naquela época e preparar o cenário para as ações subseqüentes de Tamar.
  • O pedido de Judá por Simeão.
    • Descrição: Quando José, não reconhecido por seus irmãos, mantém Simeão como refém no Egito até que eles retornem com Benjamim, é Judá quem promete a Jacó a segurança de Benjamim.
    • Referência: Gênesis 43:8-10.
    • Objetivo específico: Ilustrar a mudança no caráter de Judá e sua crescente responsabilidade como líder entre seus irmãos.
💡
Estes são alguns dos momentos relevantes relacionados aos outros filhos de Jacó. Embora esses eventos não tenham o mesmo peso narrativo que a história de José, eles oferecem vislumbres do caráter e das dinâmicas dos filhos de Jacó, bem como preparação para acontecimentos futuros na história de Israel.

CONCLUSÃO:

Neste conteúdo, abordamos os momentos significativos das vidas de Abraão, Isaque, Jacó e os filhos de Jacó, conforme narrado no livro de Gênesis. Através desses episódios, obtemos insights sobre o caráter, as decisões e as consequências enfrentadas por estes patriarcas e seus descendentes. Cada seção destaca um ou mais eventos notáveis, juntamente com seu objetivo específico, ajudando a entender o impacto desses momentos na história mais ampla da linhagem de Abraão. A complexidade das relações familiares e as ações tomadas por esses indivíduos desempenham um papel crucial na formação da nação de Israel.

Avatar de Diego Souza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diego Souza

Sou ministro na Igreja Holiness e amo escrever. Graduando em Letras pela UNIVESP, com Bacharel em Teologia pela UMESP e com pós em Novo Testamento pela EST, neste blog compartilho meus pensamentos sobre a vida cristã e o cotidiano, buscando conectar a fé com o dia a dia.